About

Posts by :

jack kirteen

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

Related posts:

Juliana Exibida

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

Related posts:

Super flexi bony girl peeing outdoors

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

Related posts:

Claire Danes Hot Scenes From Romeo And Juliet

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

Related posts:

Amateur real girlfriend blowjob and hard fuck

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

.

Related posts:

O dia em que quase aconteceu!

Description

Olá pessoal, meu nome é Jonh(fictício), tenho 1,93 de altura, sou negro, gosto de mulheres, mas tbm gosto de algumas sacanagens com garotos mais novos que eu, tenho 19 anos(hoje é 02/08/2013) e vou contar como QUASE fiz “meinha” com um colega de escola.

Bem, não lembro ao certo quando tudo começou, mas quando eu estava no ensino médio eu fazia parte da banda marcial do colégio e lá tinha um garoto bem mais novo que eu, na época. De vez em quando conversávamos e eu dizia que ele era meu primo. Enfim, sempre que estávamos longe de ouvidos eu falava para ele: “Você faz meinha” zuando ele(ou não, rs), fiz isso durante um tempo até que um dia perguntei se já tinha feito e ele disse que fazia com um primo dele. Tá! Resumindo, Um dia no final do turno enquanto esperávamos o começo do ensaio da banda nós fomos pro banheiro da escola(nesse horário o colégio ficava quase vazio) porque eu havia pedido para ver o pau dele, aliás mostrar um do outro, fomos pro mictório (se alguém entrasse disfarçávamos). Mostramos, o dele devia ter uns 12 ou 13 cm, ele ficou impressionado com o tamanho do meu pau(não é tão grande 16 ou 17 na época) aí para a surpresa dele eu pedi para chupar, ele riu, mas deixou. Abaixei e comecei a chupar, MARAVILHA, eu adoro chupar pau bem mais novos. Vitória nesse dia.
Outro dia fomos para o banheiro de novo, dessa vez eu tentei comer ele, mas meu pau era grande para ele, então mal coloquei a cabeça(a cabeça do meu pau é mais fina que o tronco) e ele saiu cheio de dor(droga), esperamos a dor dele passar um pouco e ele foi me comer, quando ele começou a colocar e eu ia sentindo aquele pauzinho me penetrando percebemos gente entrando n banheiro e disfarçamos(Não foi dessa vez).
Em outros dias eu sempre chamava ele, as vezes íamos e eu chupava ele(ele ñ gostava de chupa), a maioria das vezes ele nao ia com medo de sermos pegos, um dia ele até pediu para eu sentar no chão para ele sentar no meu pau, mas não fiz pq o banheiro era meio sujo e tava molhado.

Esse é meu conto dos dias em que quase aconteceu. Nunca conseguimos nos penetrar. Peço desculpas, pois sei que não deu para excitar vcs e ficou grande o conto, mas quando eu lembro daquele pau na minha boca….. Tchau pessoal!

sexosexy2@hotmail.com


Fonte: www.contoerotico.com.br

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

Brincando de melar

Description

Como ja disse meu nome e Luiza namoro o Eduardo desde adolecentes proucuramos inovar nosso relacionamento com brincadeirinhas e muuito sexo.Nesse conto vou contar para voces e indicar uma brincadeirinha intima que eu e meu namorado fazemos sempre que temos oportunide.Como ja disse tenho seios grandes e durinhos e o Edu um pau enorme de dar inveja em garotos da nossa idade . Estavamos sozinhos , assistindo filme e comendo chocolate , haviamos comprado varias barras.Em uma cena de sexo do filme começamos nos beijar e o clima esquentou , começamos a ficar exitados.(Eu principalmente ). Comecei a abrir a calça dele e a pegar no seu pau que ja estava duro feito pedra e masturbei ele por alguns minutos.Resolvemos fazer brigadeiro mais como não tinha mantega so derretemos o chocolate.Quando estava pronto voltamos para o quarto e para irritalo passei chocolate nos labios dele , ele disse : agora voc vai ter que limpar .E eu limpei passando a lingua.Ele tirou minha blusa encheu a mao de chocolate e passou sobre meus seios sujando ate meu sutiã e eu mais que depressa disse : vai ter que limpar , ele passou a lingua nos meus seios todinhos me causando arrepios e limpou tudinho.Tirei a calça dele e a cueca peguei a vasilha com uma mão e o pau dele com a outra e o mergulhei no chocolate , ele delirava de tesão e nem precisou mandar ja fui lambendo tudinho e chupando gostoso.Chupei e ele gozou na minha boquinha me fazendo engolir porra e chocolate estava uma delicia . Quando acabei estava quase na hora do meu irmao chegar , nos limpamos e voltamos a ver o filme.


Fonte: www.contoerotico.com.br

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

Meu irmão e eu.

Description

Estávamos com 18 anos, meu irmão e eu 20. Éramos verdadeiros moleques, diferentes dos de hoje. Brincávamos de jogar bola, esconde esconde, pique queimada, etc, coisa de garotos de interior.
Nesse dia cedo, levantei com um tesão danado. Já tinha tido esfregas com outro amigo e inclusive com meu irmão, mas nada como o que vou contar.
Disse pra minha mãe que iríamos trocar de roupa de porta fechada, pois estávamos ficando grande e não pegava bem ela ficar vendo a gente sem roupa.
Ainda não tínhamos pelos.
Fomos então ao quarto, fechei a porta e perguntei se meu irmão estava a fim de bater uma punheta. Ele topou de cara.Eu era gordinho, ao contrário dele, bem magro.
Quando já estávamos batendo, perguntei pra ele se ele estava com tesão e ele disse que sim. Então ele me perguntou se eu já estava de pinto duro. Eu disse que sim e perguntei porque. E ele disse: Seu pinto parece que é menor que o meu. Eu disse, vem cá, vamos medir. Então coloquei o pinto dele ao lado do meu e reparei que ele tinha uns 2 dedos a mais que eu.Ele devia ter uns 13 cm e eu uns 11.
E então eu propus. Vamos fazer um troca troca? E ele com cara de sacana: Tá bom, vamos tirar no par ou ímpar? Eu ganhei.E ele disse: Será que vou aguentar seu peso? Eu era bem gordinho. Eu disse: Tá bom, vamos tirar de novo. Eu ganhei várias vezes e acabei jogando de novo. Até que eu disse: Tá bom, eu vou primeiro e me deitei de bunda pra cima. Era uma bunda grande, branca, redonda e arrebitada. E meu irmão disse: E não é que ele foi mesmo? E eu disse, vc vem ou vai ficar aí olhando? E ele disse: Ôpa, tô indo. E eu disse pra ele, passe guspe no seu pinto pra ficar melhor. Qdo ele foi meter, eu pedi pra ele me por o pinto na mão, eu colocaria ele na portinha do cu.E ele fez assim, se deitou em cima de mim e perguntou o que eu faço agora. Eu disse pra ele, mexa pra cima e pra baixo. E ele começou a mexer.Ficou assim por uns 10 minutos, mas não tava legal. Eu disse, vamos parar, não tá legal. E ele, mas porque não tá legal? E eu disse, não sei, e olhei pra ele sentado na minha frente, nós dois na cama. O Pinto dele até tremia de tão duro que tava. Branquinho, pele cobrindo a cbeçinha, veias azuis aparecendo.Eu disse, vc não passou guspe. E ele passei sim, mas secou. E eu vc n~so molhou seu pinto, por isso tá ruim. E ele porque vc não molha então? E eu disse, mas aí vc quer demais né? Me arrependo disso hoje,deveria er caído de boca naquela rola durinha. ele então encheu a mão de guspe e disse, tá bom assim pra vc? E eu: vamos experimentar e deitei de novo.Então ele me surpreendeu dizendo vamos fazer diferente? E eu, diferente como? Vc abre a bunda com as mãos e eu enfio. Eu perguntei, vc acerta o cuzinho? Ele, pode deixar que acerto. Então,abri a bunda com as duas maos, deixando meu cuzinho bem exposto pra ele.
Senti então seu pinto duro e molhadinho encostar no meu cuzinho, ele se deitou em cima de mim e começou a encoxar. Aí, foi bom demais. Na segunda estocada, seu pinto entrou dentro de meu cuzinho e ele ficou loucão. Metia sem parar. Ficamos assim por uns 15 minutos, estava muito gostoso, e e ele estávamos quase gozando, qdo minha mae nos chamou pra ir buscar o almoço, comíamos de pensão.
Eu disse pra ele, pára que a mãe tá chamando, e ele metendo, eu falei pára senão ela vai descobrir, e ele metendo…então, tive que sair de baixo dele e ele e eu ficamos frustrados. Nunca mais aconteceu nada entre não dois. Nos casamos e vivemos bem com nossas mulheres. Foi isso, conto real .


Fonte: www.contoerotico.com.br

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!

Drica e a Primeira Vez com 2 Homens

Description

Oi,
Sempre a primeira vez agente nunca esquece. Vou contar minha primeira experiência com dois homens.
Já contei a primeira vez que trai meu marido, com o Caio no meu apartamento, no meu aniversário, no quarto de empregados e com meu marido dormindo profundamente em nosso quarto sem suspeitar de nada. Pois é depois o Caio se tornou meu amante constante, íamos ao seu Flat, no seu carro e em motéis, sempre matando aula.
Um dia ele me disse que queria me levar no apartamento do amigo que morava no Guarujá, a logística foi mais complicada, pois tinha de inventar uma estória para o meu marido e para o trabalho, na época eu trabalhava no escritório de uma companhia Aérea.
Deu tudo certo e ao meio dia fomos para o Guarujá, quando entrei no apartamento, vi que o amigo do Caio estava lá, o Fernando. Perguntei ao Caio se ele iria embora logo, pois eu estava toda molhada da bolinação da viagem. Estava com um vestidinho amarelo curtinho, com meu bikini fio dental por baixo. O caio veio me alisando e eu a ele, chupei seu pau algumas vezes e ele enfiou o dedo na minha xaninha outras vezes.
Para minha surpresa ele disse que o amigo não iria embora, e que era para eu relaxar, o Fernando, muito simpático trouxe umas caipirinhas, cerveja e aperitivos, e como estava muito quente, rapidamente tomei duas caipirinhas e uma cerveja, falei pro Caio que estava louca para dar para ele e que o bikini estava todo molhado.
Ele começou a judiar de mim dizendo que ainda não estava a fim, mas que talvez, se eu ficasse de bikini na sala, ele se animaria. Então eu mesma sugeri para que todos ficassem à vontade, eles de calção e eu de bikini. Uma musica estava rolando e começamos a dançar, não pude deixar de perceber o Fernando me comendo com os olhos, os calções dos dois já estavam armados.
Pedi de novo para o Caio me comer, e ele disse que não poderia, seria falta de educação deixar o amigo sozinho. Então ele sugeriu que eu transa-se com o Fernando para ele não se sentir deslocado, eu não acreditei, agora além do corno do meu marido, tinha um amante cornudo também. Fiquei brava e fui para o banheiro. O Caio ficou batendo na porta pedindo desculpa, até que eu abri.
Fomos para o quarto e começamos a nos agarrar, ele tirou a rola para fora e enfim pude chupar aquela rola gostosa. Ele me chupou até eu gozar na boca dele tremendo feito um bambu. Quando eu pedi para ele me foder gostoso, ele veio com a historia do amigo, como eu estava muito a fim de ser comida concordei, mas um de cada vez, eu falei!
O Fernando entrou no quarto já com a rola para fora, era linda, grossa com a ponta vermelha, cai logo de boca e chupei um pouco, mas estava louca para ter um pau na minha xaninha, sentei em cima do Fernando e comecei a cavalgar, vi então que o caio nos olhava e batia uma punheta.
O Fernando então me colocou de quatro e me fodeu gostoso, eu olhava para o Caio e não consegui me segurar, pedi para que ele se juntasse a nós, enquanto o Fernando me comia por traz eu chupava a pica do Caio, meu amante corno. Trocamos de posição, chupava o Fernando enquanto o Caio me comia por trás. O Caio então começou a lamber o meu cuzinho e eu já sabia o que estava por vir, pedi então para o Fernando preparar mais umas caipirinhas pra gente, quando ele voltou eu já estava levando rola no cuzinho.
Paramos um pouco, fomos beber na sala, todos nus, dançamos em forma de sandwish, então o Caio perguntou se eu toparia uma dupla-penetração. Fiz um pouco de charme, mas estava louca para experimentar. O Fernando sentou no sofá e eu fui para cima dele, coloquei aquela rola grossa na minha xana e comecei a cavalgar, daí parei, arrebitei a bunda e deixei o Caio vir por traz e lamber meu cuzinho para lubrificar bem.
A sensação de ter um pau dentro de você e ter outra pessoa te lambendo é maravilhosa, então ele iniciou a penetração, eu podia sentir aquelas rolas se encontrando dentro de mim, fiquei rebolando em movimentos curtos, e quando o caio enterrou seu pau até as bolas no meu cuzinho, gozei de novo, mais forte e comprido ainda, já não podia sentir meu corpo, estava exausta.
Eles ainda me comeram deitada, em pé, eu já não falava não para nada, o Fernando gozou num copo, fez uma caipirinha nele e me fez tomar. O Caio gozou na minha cara e espalhou a porra por todo o meu rosto, ficaram passando suas rolas no meu corpo, me fizeram chupá-los simultaneamente, foi uma trepada fenomenal.
Dormimos no quarto de tão cansados e perdemos a hora, liguei de madrugada para o meu marido, que estava preocupado, e disse que iria dormir na Carla para fazermos o trabalho da Faculdade, ele acreditou , como todo bom cornudo, e isto rendeu mais uma trepada entre nós três.
Beijos
Drica Chantily
dricachantily@gmail.com


Fonte: www.contoerotico.com.br

COME QUETO a rede social que vai revolucionar o SEXO Online!

É muito mais Prazer em Um só Lugar!